Romanos: O Livro de Livros Sobre a Salvação

Um bom entendimento da salvação é possível só por meio do livro de Romanos. É o único livro inspirado por Deus que explica detalhadamente o evangelho de Jesus Cristo. O Pr John começou recentemente uma série de mensagens desse livro. Deus permitindo, todas as pregações estarão disponíveis no YouTube. Caso você queiro estudar uma passagem específica ou acompanhar todas as mensagens, eis a lista de reprodução:

Pr Jon Speights, Intérprete de Libras

Não perca essa oportunidade de estar conosco para ouvir a pregação do Pr Jon Speights! Ele é um missionário americano que serve ao Senhor em São Paulo. A sua especialidade é a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais). Estará conosco às 19:30 na sexta.

Será uma bênção! Traga um amigo!

Será na Igreja Batista Independente na Av Gonçalves Dias, 3977 em Ouro Preto do Oeste, RO.

Qualquer dúvida, entre em contato comigo!

(Você sabia que o Brasil tem mais de 10 milhões de pessoas surdas, segundo o IBGE? [Fonte: EBC])

O Dia das Crianças, 2022

Levem os seus filhos para a nossa igreja às 16:00 na quarta!

Cada ano a Igreja Batista Independente em Ouro Preto do Oeste, RO realiza um evento especial no Dia das Crianças. Seu filho poderá participar de várias atividades e aprenderá a Palavra de Deus.

Qualquer dúvida, pode entrar em contato conosco.

Até!

As Ambições do Mundo, Filipenses 3

O mundo, sem o conhecimento de Deus, tem suas ambições. Está com a vontade de alcançar alvos terrestres e louva sucesso mundano. Essas ambições existem porque o mundo anda sem o conhecimento de Deus, porque se conhecesse a Deus, teria como distinguir que tais ambições não têm valor nenhum comparado com o do conhecimento de Deus.

Cada geração e cada cultura tem as suas ambições—os sucessos mais louvados pelo mundo.

• Ser o atleta que ganha o maior campeonato.

• Ser o empresário que fica muito rico.

• Ser o modelo cuja foto está na capa das revistas.

• Ser o cientista que descobre o que nenhum outro descobriu.

• Ser o líder religioso mais influente no mundo.

• Ser o estudioso mais respeitado e buscado.

• Ser o músico que lota estádios.

• Ser o político adorado pelo povo.

No caso, na época do apóstolo Paulo, entre os judeus, a grande ambição era ser o maior dos fariseus. O foco era fazer o máximo para ser conhecido como o fariseu mais religioso, mais conhecido, mais reto, mais justo e mais ligado com todas as coisas do judaísmo. O apóstolo Paulo, antes de conhecer Jesus, quando ele era conhecido como Saulo, ele era o Dwayne Johnson ou o Cristiano Ronaldo do judaísmo na época. Ele era o cara. Paulo surgiu em frente dos outros. Não havia comparação. Ele era o astro dos astros.

Paulo conseguiu tudo isso sem conhecer a Cristo. Em outras palavras, o que ele conseguiu ocupava a mente e a vida dele de tal forma que ele não se importava com o verdadeiro conhecimento de Deus. E, através de várias circunstâncias, Paulo percebeu que ele tinha grande sucesso, mas na coisa errada.

A Justificação – Romanos 3:9-31

Introdução

Na mente dos que têm somente um entendimento superficial do evangelho, a salvação é poder ir para o céu. A salvação é muito, muito mais, e por entender melhor a salvação, nós podemos ser salvos, valorizar o Senhor Jesus Cristo e mais adequadamente ganhar os outros para Ele. Isso não quer dizer que alguém tem que ter conhecimento profundo da salvação para ser salvo. Não, segundo as Escrituras, é mera fé em Jesus de um coração arrependido que o pecador se torna filho de Deus. Nesse sentido, a salvação não é nada complicado. Mas, por conhecer intimamente a salvação, podemos fortalecer o nosso entendimento do Salvador.

Um aspecto essencial da salvação é a justificação. Romanos 3 é um dos capítulos principais que lidam com a justificação. O que é a justificação e como é que funciona?

A justificação bíblica não é Deus transformar a pessoa internamente. Não há nada sobrenatural na justificação. Há algo sobrenatural que acontece quando alguém recebe Jesus? Sim, sem sombra de dúvida! Mas, o que acontece sobrenaturalmente no salvo na hora que recebe Jesus não seria possível sem a justificação. A justificação é forense; é judicial. Não é uma transformação dentro da pessoa; é uma transformação diante de Deus—nos olhos de Deus. E, não é um engano. Não é alguém confundir Deus sobre a nossa pecaminosidade. É a declaração de Deus sobre nós. Ele sabe que somos pecados, mas Ele nos declara inocentes. Ele nos justifica através do sangue de Jesus. E, sendo o Juiz final, se Ele nos declara justos, não tem como sermos injustos diante dEle.

Vamos procurar entender melhor a justificação que Deus fornece a todos que creem em Jesus.

Continuar lendo