Banquete de Casais

O único propósito aceitável para namorar é o casamento. A Bíblia diz: “Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos fornicadores, e aos adúlteros, Deus os julgará” (Hb 13:4). Enquanto o mundo prefere se arriscar diante de Deus por cometer a fornicação, é para o crente totalmente evitar este pecado e cultivar um casamento legítimo, bíblico, puro e estável. Qualquer atividade sexual fora do casamento é o pecado de fornicação e viola o próprio propósito do casamento. Na Igreja Batista Independente acreditamos que a melhor maneira de celebrar o Dia dos Namorados é honrar os casamentos representados na nossa igreja e encorajar todos a quererem o mesmo.

No sábado tivemos o nosso primeiro Banquete de Casais. Deus abençoou! A comida foi boa, a pregação foi usada por Deus e a participação foi excelente!

PSX_20170611_112217

Estejam sempre orando pelos casais da nossa igreja. O diabo sempre se interessa na destruição dos nossos lares, mas pela ajuda de Cristo teremos casamentos vitoriosos!

Para ver as outras fotos do Banquete de Casais clique aqui.

O Batismo do Pablo

IMG_20170528_101438

Este domingo foi uma grande bênção para a nossa igreja. Tivemos o privilégio de batizar o Pablo depois do culto pela manhã e também receber ele e a sua esposa na nossa membresia no culto à noite. Obrigado pelas suas orações contínuas! Deus é bom!

IMG_20170528_111817

IMG_20170528_111830
WhatsApp Image 2017-05-28 at 9.49.59 PMWhatsApp Image 2017-05-28 at 9.51.12 PM

Crescimento Espiritual Atrofiado, Hb 5

christams-table-1170478-1280x960

“Chamado por Deus sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque. Do qual muito temos que dizer, de difícil interpretação; porquanto vos fizestes negligentes para ouvir. Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite, e não de sólido mantimento. Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino. Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal” (Hb 5:10-14).

 

A Alimentação Espiritual do Povo

O corpo de uma criança saudável consegue se alimentar, mastigando, saboreando, engolindo e digerindo o que come. No início, a mãe dele lhe dá somente leite, mas se o crescimento dela não for interrompido, vai conseguir consumir o sólido mantimento. O resultado? Um dia, ela também será capaz de ter filhos e alimentá-los. Assim vai a reprodução do homem e o progresso da raça humana.

 

O escritor de Hebreus utiliza este processo de digestão para repreender os seus ouvintes que se fizeram “negligentes para ouvir” (Hb 5:11) a Palavra de Deus. Ela notou que “pelo tempo” já deveriam “ser mestres” (Hb 5:12) da Palavra de Deus, ensinando uns aos outros.

 

Em outras palavras, Continuar lendo

As 22 Regras para Falar em Línguas

22 Regras para 40

As regras que governam os cultos da nossa igreja são derivadas da Bíblia.

A Bíblia é suficiente. “Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra” (II Tm 3:16, 17).

Se alguém, portanto, quiser falar em línguas na nossa igreja, precisará seguir o que a Bíblia diz.

I Coríntios 14 é o capítulo principal da Bíblia que lida com as línguas. A nossa igreja, portanto, não aceita qualquer forma de falar em línguas que não seja de acordo com as regras manifestas neste capítulo.

Vamos notar estas 22 regras em I Coríntios 14:

  1. Siga o amor em primeiro lugar (v.1; Ef 4:11-16; I Co 12:31-13:13).
  2. Procure com mais zelo os dons espirituais (v.1; I Co 12).
  3. Não faça com que o dom das línguas seja a busca principal da igreja (v.1; I Co 12:31).
  4. Busque principalmente a edificar a igreja através da profecia [ou seja, da pregação] (vv.1-4; Ef 4:11-16).
  5. Interprete tudo falado em línguas para o proveito de todos (v.5).
  6. Não seja bárbaro, mas transmita uma mensagem inteligível e proveitosa (vv.6-12).
  7. Ore para que possa interpretar qualquer língua falada (v.13).
  8. Nem ore nem cante algo que nem você nem os outros entendem (vv.14, 15).
  9. Não fale algo que o indouto não entende (vv.16-19).
  10. Tenha o entendimento de adultos e não de meninos (v.20; I Co 13:11).
  11. Reconheça que o dom de línguas é um sinal somente para os infiéis (vv.21-25; At 2).
  12. Edifique a igreja com uma mensagem singular (v.26; II Pe 1:20).
  13. Haja no máximo três pessoas falando, (cada um esperando a sua vez) e somente quando tiver um grupo maior (v.27a).
  14. Não fale nada sem intérprete (vv.27b, 28).
  15. Julgue tudo falado, verificando que é de Deus (v.29: I Jo 4:1; Mt 7:15-29).
  16. Não tenha mais do que uma pessoa falando ao mesmo tempo (vv.30, 31).
  17. Sejam sujeitos uns aos outros, evitando confusão sobre a mensagem (vv.32, 33).
  18. Sejam caladas as mulheres no culto, fazendo suas perguntas aos seus maridos (vv.34, 35; I Tm 2:9-15).
  19. Reconheça que estes mandamentos são de Deus (vv.36, 37).
  20. Não mantenha uma briga com a pessoa que ignore estes mandamentos (v.38).
  21. Não proíba falar em línguas (v.39).
  22. Faça-se tudo decentemente e com ordem (v.40).

Em resumo, estas regras divinas levam a nossa igreja a manter um culto tradicional, e a noção moderna de falar em línguas estranhas ou desconhecidas não faz parte. Ao invés disso, há ordem e estrutura teológica no conteúdo da nossa pregação, e o nosso alvo é sempre a edificação dos irmãos em amor. Não permitimos qualquer forma de cultuar que seja sem entendimento ou edificação bíblica.

Queremos sempre verificar tudo pregado com as Escrituras, e encorajamos todos a analisarem a Bíblia, comparando a pregação com a Palavra de Deus. As mulheres não pregam; nem são pastoras. Há um pastor que prega no culto, mas os irmãos são encorajados a participarem da obra, e as vezes os homens da igreja pregam e ensinam a Bíblia aos irmãos.

É essencial levar uma Bíblia para cada culto, porque o pastor sempre estará ensinando Ela. O foco do nosso povo não é falar em línguas mas é seguir o Senhor e fazer a vontade dEle de acordo com a Bíblia. Um bom culto para a nossa igreja não é baseada numa manifestação sobrenatural mas na edificação dos irmãos pela pregação da Bíblia. Entendemos que quando a Palavra está verdadeiramente nos nossos corações, Ela está também nas nossas vidas, e seremos luzes na igreja e no mundo.

Se você acredita que, quanto ao crente, a Bíblia é a única regra de fé e prática, mas está sem igreja, por favor, faça-nos uma visita!

Temos dois cultos no domingo às 09h e às 19h30, e também na quarta às 19h30. Outrossim, temos um estudo bíblico na segunda às 19h30. Qualquer coisa, é só falar!

Canto Congregacional da IBIOPO

Deus criou a voz humana, o melhor instrumento que existe na terra. A Igreja Batista Independente gosta de usar este instrumento para louvar a Deus nos seus cultos. É uma bênção ouvir e participar. Obrigado por orar por esta igreja!

Casamento e a Palavra que Começa com a Letra “D”

weddingrings-2-1482252

Introdução

O mundo tem suas opiniões sobre o casamento e o divórcio. Diz que o casamento não presta; é melhor amasiar. Se tiver um relacionamento, o homem do mundo frequentemente diz que se a mulher dele não presta, logo larga ela e arruma outra. Então, para o mundo a mulher é descartável e o casamento traz um compromisso insuportável. A traição é considerada normal; não existe um amor verdadeiro. O mundo, portanto, não valoriza um casamento bíblico entre dois virgens que querem se entregar um ao outro até a morte. Muitos nem acreditam que tal casamento pode existir; outros acham que é até perigoso se casar sendo ainda virgem, porque precisa “conhecer” a pessoa para ver se vai gostar. Com certeza, este “mundo está no maligno” (I Jo 5:19b).

Outro dia conversei com uma mulher que mora junto com um homem, mas não são casados. Pessoas ficam falando para ela se casar. Mas, ela me disse: “Ah, eu não sei, pastor. Para eu me casar com ele… sei lá, seria algo psicologicamente insuportável.” Continuar lendo